Detalhes do Artista/Banda

Maria Lucia Godoy

Voz de Ouro das Minas

Nascida em Mesquita, região do Vale do Aço de Minas Gerais, em 2 de setembro de 1930, Maria Lúcia Godoy, graduou-se em Letras Neolatinas na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras – hoje, Faculdade de Letras – da UFMG. Estudou canto com o Maestro Gambardela, no Rio de Janeiro, e com Margueritte Von Winterfeld, na Alemanha. Maria Lucia Godoy foi solista principal do Madrigal Renascentista. Venceu, muitos concursos, entre eles, os de canto Vera Janacópolus e Lorenzo Fernandez. Dotada de rara técnica e musicalidade, possui emissão de impecável afinação, invejável gama dinâmica e grande expressividade dramática. Mas não só a perfeição técnica de seu canto chama a atenção do ouvinte. Maria Lucia se destaca, também, por sua capacidade interpretativa, que se faz pela compreensão, de singular lucidez, do texto cantado; pela dicção perfeita, presente mesmo nas mais intricadas partituras, e por uma versatilidade de repertório de que pouquíssimos artistas são capazes.
Amante da poesia, a cantora lírica sempre imprimiu especial sensibilidade para as composições e textos que interpretou, como fez com a obra de Villa Lobos, criando um novo padrão na interpretação vocal da obra do maior compositor brasileiro de todos os tempos. A artista mineira é estimadíssima como cantora de câmara e solista sinfônica e realizou recitais nos principais centros musicais do Brasil e do mundo. Igualmente à vontade na ópera, na canção popular ou no recital de câmara, teve como um dos principais objetivos a divulgação da música brasileira em todas as suas manifestações, tanto em âmbito nacional como nos países da Europa, Oriente Médio e Japão. Essa versatilidade de Maria Lucia Godoy permitiu que ela estivese sempre à vontade tanto nas obras clássicas mais elaboradas quanto nas populares mais autênticas. A cantora e possui um imenso repertório, indo das canções napolitanas, modinhas imperiais e serestas mineiras até autores contemporâneos como Tom Jobim, Milton Nascimento, Chico Buarque de Holanda, e Wagner Tiso, por exemplo.

Outros Grandes Artistas

Nada Encontrado