Enter the content which will be displayed in sticky bar

Lucia Turnbull

- O Aroma da Música
Lucia Turnbull
O Aroma da Música

Lucia Turnbull  - A Trajetória

Lucia Turnbull (sobrenome que vem da Escócia) nasceu em São Paulo, mas também viveu em Londres, onde tocou e gravou com a banda de Ritchie, Everyone Involved. Amiga dos Mutantes, dividiu a dupla Cilibrinas com Rita Lee (fizeram um único show, o Phono 73), integrou o Tutti Frutti, trabalhou com Gilberto Gil e gravou seu álbum solo ‘Aroma’, em 1980. Com muitas experiências musicais, entre elas a pré gravação do LP “Atrás do Porto Tem Uma Cidade”, de Rita Lee, segundo Lucia, feita “numa tacada só, ao vivo no estúdio”. A artista se apaixonou pela música logo criança. Economizava dinheiro da mesada pra comprar discos. E assim foi indo. Ouvia também muitos discos da irmã: música francesa, Rita Pavone, os Beach Boys etc. Quando os Beatles apareceram, Lucia os ouvia sem parar. Aprendeu a tocar violão, seu primeiro instrumento (comprado numa lojinha da Rua Augusta, em São Paulo). Começou com uma banda no prédio em que morava, com dois cariocas, os irmãos Jorge e Fernandinho Figueiredo, de quem se tornou namorada. Os três tocavam nas festinhas do prédio, Lucia cantando e tocando pandeiro.
Lucia Turnbull mudou-se com a família para a Europa, onde ficaram por 10 meses em Londres. No curso de inglês conheceu um pessoal que tinha uma banda folk (Solid British Hat Band) e passou a integrar esta banda e fazer apresentações nos parques e pubs londrinos. Ainda em Londres, conseguiu o endereço do Arnaldo Baptista e lhe escreveu uma carta que o músico respondeu. De volta ao Brasil, por volta de 1970, foi ver um show dos Mutantes no Clube Tietê. Procurou o Arnaldo falou da carta e virou mais uma da turma e, em 1972, participou das gravações de “Hoje é o Primeiro Dia do Resto de Sua Vida” nas faixas “Vamos Tratar da Saúde” e “De Novo Aqui Meu Bom José”.
Lucia Turnbull trabalhou no Teatro Oficina, onde tocava guitarra para a peça ‘O Casamento do Pequeno Burguês’, de Brecht, com música de Kurt Weil, com direção de Luiz Antônio Martins Corrêa. Ainda neste ano de 1972, voltou à Londres com a Rita Lee, o Liminha . Chegando lá encontrou sua antiga banda com muito mais gente (entre eles, o cantor Ritchie) e como um novo nome: ‘Everyone Involved’. Fez uma apresentação com este pessoal. Com muitas histórias para contar com outras pessoas, Lucia conta também a sua: em 1980, lançou o LP “Aroma”, pela gravadora Odeon, onde a faixa-título (de Gilberto Gil) fez sucesso nacional, além de “Toda Manhã Brilha O Sol”.

0 0 voto
Avaliação do Artigo
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

Alguns Discos de Lucia Turnbull

Buscar No Google

0
Adoraria saber seus pensamentos, por favor, comente.x
()
x