Detalhes do Artista/Banda

Chico Lobo

Viola nos Braços da Arte

Chico Lobo, filho de seresteiro, é natural de São João Del Rey, radicado em Belo Horizonte, onde viveu desde 84, graduou-se em Educação Física pela UFMG e integrou o Grupo Aruanda de Danças Folclóricas, que se apresentou no Festival Mundial de Folclore de Drummondville, Quebec, Montreal e Otawa, no Canadá, em 1987. Fez pós-graduação em Psicomotricidade e Pedagogia do Movimento na Universidade Gama Filho do Rio de Janeiro. Carismático, sua carreira no palco já o levou à Itália e ao Canadá, além de a inúmeros teatros brasileiros (como Canecão, Grande Teatro do Palácio das Artes, Memorial da América Latina, entre outros), onde sempre apresenta um espetáculo rico em causos, canções e solos de viola. E nunca esquece de agradecer a São Gonçalo, o padroeiro dos violeiros e das prostitutas. Sua obra reflete a sua afinidade com o rural e com uma vida simples. Mesmo tendo sido criado na cidade, Chico Lobo se utiliza dessas alegorias para falar de si próprio e de valores como amor, amizade e Deus.
Seu primeiro CD, “No Braço Dessa Viola”, de 1996, produção independente, foi posteriormente relançado em âmbito nacional pela Kuarup e lhe rendeu uma indicação ao Prêmio Sharp de 1997 na categoria Revelação da Música Regional Brasileira. Com tiragem esgotada e apresentações por todo Brasil, o álbum ainda lhe valeu um convite da “Comune di Trento” para uma temporada de 10 shows na Itália, nos projetos “Rovereto State”, “Trento State” e “Meeting per la amicizia dei popoli”, na cidade de Rimini, realizada com grande sucesso. No ano seguinte, ao lado do ator e parceiro Jackson Antunes, lançou o CD “Nosso Coração Caipira”, com 25 clássicos da canção sertaneja, declamados por Jackson e pontuados por sua viola. Seu terceiro CD, “Reinado”, lançado pela Kuarup Discos, é um trabalho, recheado de toadas, calangos e modas-de-viola, e tem participações de Renato Borghetti, da dupla Caju e Castanha e de Jackson Antunes. Chico Lobo também compôs a trilha sonora do Vídeo-Documentário “Cerrado – O Pai das Águas”, de Dêniston Diamantino, lançado pela Opará Vídeo. Esta trilha sonora, se transformou num projeto de CD instrumental de Viola e Orquestra Filarmônica, que foi aprovado na Lei Federal de Incentivo à Cultura.
Em 1998, desenvolveu o espetáculo de Música e Dança “O Profano e O Sagrado” juntamente com o Grupo de Danças Sarandeio da UFMG, coordenado por Gustavo Côrtes, professor e coreógrafo. Esse espetáculo estreou no 30º. Festival de Inverno da UFMG na cidade de Ouro Preto-MG. Em 2002, lançou o CD “Viola Caipira – Tradição, Causos e Crenças”, pela Kuarup Discos, interpretando entre outras, “Boa Nova”, “Pescador” e “Nas Voltas do Mundo”, de sua autoria, além de “Folia de São Gonçalo”, de domínio público. Nesse CD, Chico mostra exemplos puros das fontes da cultura popular, com a participação do Grupo de Catira Pedro Pedrinho, da Folia de São Gonçalo do Mestre Nelson Jacó, e também da Orquestra Mineira de Violas. Suas músicas também têm sido utilizadas como fundo musical em vários programas da Rede Globo, como “Me Leva Brasil” do Fantástico e “Mais Você”, de Ana Maria Braga. Apresentou-se também no “Vídeo Show” da Rede Globo ao lado de Jackson Antunes. Foi também destaque em programas de TV como “Especial de Natal” do programa da Angélica em 1998, “Jô Soares”, “Sem Censura”, “Veredas Literárias”, Viola Minha Viola (com Inezita Barroso na TV Cultura de São Paulo ) e “Metrópolis” (também na Cultura-SP), entre outros. Estreou em 2002 a parceria com o contador de histórias, Roberto de Freitas, no espetáculo “Nos Campos da Danação, Histórias do Coisa Ruim”. Chico Lobo é sem dúvida um artista comprometido com a Música de Qualidade e procura sempre retratar sua vivência da Cultura Popular Brasileira, tão rica e diversificada, de uma forma única, especial e atual em apresentações que são marcadas pela emoção, alegria, informação e interação.

Principais discos de Chico Lobo:

  • No Braço Dessa Viola – Kuarup – 1996
  • Nosso Coração Caipira (Com Jackson Antunes) – Atração Fonográfica – 1998
  • Reinado – Kuarup – 2000
  • Viola Caipira – Tradição Causos e Crenças – Kuarup – 2002
  • Viola Popular Brasileira – 2005 (CD/DVD)

Outros Grandes Artistas

Nada Encontrado